“... Sob a Tua Palavra lançarei as redes" (Lc 5.5b)


'O Teu caminho, ó Deus, é de santidade.

Que Deus é tão grande como o nosso Deus?

Tu és o Deus que opera maravilhas e, entre os povos, tens feito notório o teu poder" (Sl 77.13-14)


terça-feira, 12 de junho de 2012

Quebre o vaso e desfrute do extraordinário!


(Desenho da Deborah)

No filme Mogli (Disney), Balu, o urso, canta com disposição a música:


“Eu uso o necessário. Somente o necessário.
O extraordinário é demais.
Eu digo necessário, Somente o necessário.
Por isso é que essa vida eu vivo em paz”.

    Faz sentido. Usar e falar o necessário é sábio. Mas, o  necessário não significa avareza, o escasso, o econômico.
A extravagância é necessária, muitas vezes. Ela marca nossa história, resulta em lembranças inesquecíveis e extraordinárias.

Seis dias antes da Páscoa, foi Jesus para Betânia, onde estava Lázaro, a quem ele ressuscitara dentre os mortos. Deram-lhe, pois, ali, uma ceia...
Então, Maria, tomando uma libra de bálsamo de nardo puro, mui precioso, ungiu os pés de Jesus e os enxugou com os seus cabelos; e encheu-se toda a casa com o perfume do bálsamo... (Jo 12.1-3).
Muitos questionam Maria. Entretanto, Jesus a defende com veemência. Declara que ela praticou uma boa ação e que onde fosse pregado o evangelho, seria contado o que ela fez para sua memória (Mt 26.6-13).

Última semana de Jesus na terra como homem e Maria revela uma alma agradecida, abundante. Sem mesquinhez quebrou o vaso com um caro e raro perfume. Poderia ter recolhido o bálsamo noutra vasilha e, simplesmente ter gotejado sobre Jesus. Mas não, Maria foi generosa e deixou um legado admirável.

Que tal quebrar o vaso também?
Quebrar o vaso não é um ato de violência. Ao contrário, neste
aspecto é um ato de humildade. É se derramar, é compartilhar do melhor que temos. É se doar. É ousar sair do comum, do 'script', do mediano e investir na excelência, no extraordinário.

Como quebrar o vaso?
      “Quebre o vaso” com o seu cônjuge. Desfrutem hoje (12/06) do melhor dia dos namorados que tiveram até agora. Arrume-se, ofereça o seu melhor. Não economize nas palavras de carinho e na demonstração de apreço. 
     “Quebre o vaso” com seus familiares (sogros, pais, filhos, irmãos): programe e faça um jantarzinho especial pra eles, com comidas saborosas, quiçá exóticas e diga o quanto eles são valiosos em sua vida. Dê um presente inesperado e valioso.
       “Quebre o vaso”, ofereça algo especial (seu tempo, atenção, carinho) para alguém solitário, carente, sem esperanças, que sofreu perdas.
       “Quebre o vaso” sobre sua própria vida: presenteie-se com aquela viagem sonhada.
(Desenho da Deborah)
     E, principalmente, “quebre o vaso diante de Deus”: Derrame o seu coração. Esvazie-se de si mesmo. Retire as máscaras. Exponha seus sonhos, seus medos. Adore-O, agradeça tantos benefícios, tanto zelo, tanta misericórdia. Disponha-se por inteiro.
Que o Espírito Santo nos auxilie neste difícil mister porque não há palavras pra agradecer tanto amor, tanta bondade...

       “Quebre o vaso”!  Desfrute de muitos momentos de extravagância. Estes momentos alimentarão sua memória, farão você sorrir em sua velhice e confirmarão em seu coração que você não desperdiçou sua vida.

       Que o nosso Deus, Deus do extraordinário, do inesperado, das surpresas nos ensine a “quebrar o vaso” e nos capacite a derramar, com abundância, o óleo perfumado e irresistível da alegria, da cura, da esperança, dos sonhos.

“Quebre o vaso”!

“O Espírito do Senhor Deus está sobre mim, porque o Senhor me ungiu para pregar boas novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, 
a proclamar libertação aos cativos...
e a pôr sobre os que em Sião estão de luto uma coroa em vez de cinzas, óleo de alegria, em vez de pranto, veste de louvor, em vez de espírito angustiado;
a fim de que se chamem carvalhos de justiça, plantados pelo Senhor para a sua glória” (Is 61.1-3)

2 comentários:

Fruto do Espírito disse...

Querida, vim agradecer a visita e comentário.

Sua postagem está muito esclarecedora, parabéns pela excelência em postar mensagens tão edificantes ao Corpo de Cristo.

Amei a oração para não ficar rabugento (a).

Em Cristo,

***Lucy***

luci meire Ferreira disse...

Olá querida!
está lindo seu blog, assim como todo seu trabalho, seu livro, foi um instrumento abençoado para no inicio da minha recuperação, a oração para não se tornar rabugente também é perfeita, as vezes me pego tentando organizar a vida de outras pessoas, já pode ser sinal, vou vigiar!

Gloria a Deus por sua vida!
que Ele continue te usando tremendamente para edificar vidas.

Abçs!
Luci Meire