“... Sob a Tua Palavra lançarei as redes" (Lc 5.5b)


'O Teu caminho, ó Deus, é de santidade.

Que Deus é tão grande como o nosso Deus?

Tu és o Deus que opera maravilhas e, entre os povos, tens feito notório o teu poder" (Sl 77.13-14)


quinta-feira, 7 de junho de 2012

'Oração para não ficar rabugento(a)'

‘Só não envelhece quem morre cedo’.
Você está vivo? Então está envelhecendo! 
Você está convidando a ler, refletir e orar a "Oração para não ficar rabugento(a)" que eu adaptei a partir de uma circular que recebi por e-mail (autor desconhecido). 
Abaixo um desenho do cartão que recebi, elaborado por minha filha Deborah no meu aniversário, no dia 06/05/2012, em São Sebastião do Paraíso (MG).

       
ORAÇÃO PARA NÃO FICAR RABUGENTO (A)!
        Ó Senhor, tu sabes melhor do que eu que estou envelhecendo a cada dia.
        Sendo assim, Senhor, livra-me da tolice de achar que devo dizer algo, em toda e qualquer ocasião.
        Livra-me, também, Senhor deste desejo enorme que tenho de querer pôr em ordem a vida dos outros.
        Não me permita tornar-me um juiz, pré julgando atitudes, falando mal de pessoas.
        Ensina-me a ter e praticar o amor, a misericórdia e o perdão.
        Ensina-me a pensar nos outros e a ajudá-los, sem jamais me impor sobre eles, mesmo considerando com modéstia a sabedoria que acumulei e que penso ser uma lástima não passar adiante.
        Tu sabes, Senhor, que desejo preservar alguns amigos e uma boa relação com os filhos, e que só se preserva os amigos e os filhos quando não há intromissão na vida deles.
        Livra-me, também, Senhor, da tolice de querer contar tudo com detalhes e minúcias e dê asas à minha imaginação para voar diretamente ao ponto que interessa.
        Ensina-me a fazer silêncio sobre minhas dores e doenças. Elas estão aumentando e, com isso, a vontade de descrevê-las vai crescendo a cada ano que passa.
        Por outro lado, dê-me o dom de ouvir com paciência e empatia as dores alheias.
        Ensina-me a maravilhosa sabedoria de saber que posso estar errado em algumas ocasiões.
        E também de ter coragem de reconhecer e pedir perdão.
        Mas, sobretudo, Senhor, nesta prece de envelhecimento, peço: Mantenha-me o mais amável possível.
        Poupe-me, por misericórdia, de ser um(a) velho(a) rabugento (a)...
        E proteja-me contra os mal intencionados... Assim seja!   Amém!!!

"Nesta vida nada se leva. Só se deixa.
Então, te deixo o meu melhor sorriso,
Meu maior abraço,
Minha melhor história,
Minha melhor intenção,
Toda a minha compreensão;
E da minha amizade, a maior porção".

Um comentário:

Amanda Lemos disse...

Muito interessante o Blog !
Embora tenha visto rapidamente, gostei bastante e te convido para conhecer, seguir... meu espaço:

http://www.bolgdoano.blogspot.com.br/

Muito obrigada, desde já !