“... Sob a Tua Palavra lançarei as redes" (Lc 5.5b)


'O Teu caminho, ó Deus, é de santidade.

Que Deus é tão grande como o nosso Deus?

Tu és o Deus que opera maravilhas e, entre os povos, tens feito notório o teu poder" (Sl 77.13-14)


quarta-feira, 16 de março de 2011

E agora? O que fazer quando não sabemos o que fazer?

E AGORA???
O que fazer quando não sabemos o que fazer? A luta é grande demais! Sentimo-nos acuados, amedrontados, conscientes da nossa pequenez, da nossa falta de recursos... O que fazer?

O rei Josafá (870 - 848 a.C) nos ensina. A história deste rei é linda! Um homem que errou ao fazer aliança com pessoas erradas, mas que dispôs o coração a buscar a um Deus de misericórdia e poder (2 Cr 19.2-3).
Josafá era ousado em seguir os caminhos do Senhor, ousado em romper com os erros do passado (2 Cr 17.6) e, por isso, Deus abençoou sua história.
Entretanto, certo dia, vieram avisá-lo que grande multidão vinha contra ele e o seu povo. Josafá teve medo e clamou a Deus. O que este rei nos ensina? Ele nos ensina a não ficarmos paralisados pelo medo. Ele nos ensina a orar, a depender do Único que pode nos ajudar (2 Cr 20). Com este rei, aprendemos que:

  1. Deus ouve a oração de um homem humilde, quebrantado.
Oração provém da palavra prece (precarium no latim).
Quando oro, exponho o meu íntimo, derramo a minha alma perante Deus. Reconheço a minha fragilidade, a minha insuficiência.
“Na oração coloco perante Deus o que está no meu coração e não o que deveria estar” (C. S. Lewis). Eu digo: “Senhor, está escuro demais, estreito demais, não dou conta de resolver isso, preciso da Sua intervenção”.
Josafá pede socorro ao Senhor e, com humildade, expõe publicamente a sua pequenez, a sua incapacidade de resolver este problema. Josafá reconhece o poder e a grandeza de Deus e que ninguém é capaz de resistir ao Seu agir.
Josafá junta o povo para orar com ele. Quando as provações vêem, temos que lutar juntos contra elas e não um contra o outro. Por não entenderem isso, muitos (casais, famílias, igrejas) são derrotados.
Como é bom termos parceiros de oração, pertencermos a uma família, uma igreja com visão de intercessão.

“Se o meu povo que se chama pelo meu nome, se humilhar;
e orar, e me buscar, e se converter dos seus maus caminhos, então,
eu ouvirei dos céus, perdoarei os seus pecados e sararei a sua terra” (2 Cr 7.14).

  1. Deus ouve uma oração fundamentada em Suas promessas.
Josafá relembra a Palavra de Deus. Deus prometera que quando eles estivessem angustiados e clamassem a Ele, seriam ouvidos e libertados (v. 7-11).

            Que luta você tem enfrentado? O sonho, a necessidade do seu coração estão embasados em alguma promessa de Deus? Então ore, em nome de Jesus Cristo, Cordeiro de Deus que nos purifica de todo o pecado e nos dá acesso ao Pai. Ore de acordo com esta promessa e aguarde o agir de Deus. Ele  é fiel e cumpre Suas promessas.

As Palavras de Deus são letras vivas, capacitadas a trazer à tona, à existência, toda boa obra.

Por que elas demoram pra agir ou porque às vezes nem agem? 
Há várias possibilidades: o pecado que nos separa de Deus (Is 59.1-2); falta de fé (Tg 1.6-7) ou entrega total de nossa vida a Deus (Sl 37.5); não é hora de clamar e sim, é hora de 'marchar', agir (Ex 14.15); ainda não estamos amadurecidos para receber a mudança que pedimos ou, mesmo, o que pedimos não será benção em nossas vidas, por não ser da vontade do Pai (1 Jo 5.14-15; Pv 16.1).
Josafá completa a sua oração dizendo: “... Não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em Ti” (2 Cr 12 b).

Aonde estão postos os seus olhos? Mantenha-os no Pai e aguarde. Deus tem pensamentos de paz a nosso respeito (Jr 29.11). A resposta de Deus pode não ser como queremos, mas vai ser o melhor pra nossas vidas, no tempo certo.

  1. Quando entregamos nossa vida ao Senhor e esperamos n’Ele, a peleja não é mais nossa e sim d’Ele.
Deus responde por meio do levita Jaaziel e diz:
“... Não temais, nem vos assusteis por causa desta grande multidão,
pois a peleja não é vossa, mas de Deus...
Neste encontro, não tereis de pelejar; tomai posição, ficai parados e
vede o salvamento que o Senhor vos dará... porque o Senhor é convosco” (2 Cr 20.15, 17 a)

Deus conosco, Deus Emanuel. Louvado seja! Quando entregamos o nosso caminho ao Senhor, podemos confiar e aguardar. Deus trabalha por aqueles que nele esperam:
“Porque desde a antiguidade não se ouviu, nem com ouvidos se percebeu,
nem com os olhos se viu Deus além de Ti,
que trabalha para aquele que nele espera” (Is 64.4)

           4. Num milagre, Deus nos convida para parceria. Sempre há algo que devemos fazer.
Há hora de orarmos, com fé (v. 6-12), hora de aguardarmos 
com paciência (v.17) e hora de tomarmos posição, como exércitos de Deus, e fazermos o que compete a nós (v.20).
       Neste caso foi manifestar confiança e obediência a ordem de Deus. Ir ao encontro dos adversários, louvando a Deus, em voz alta, sem acanhamento.

            Louvor quebra barreiras, move o coração de Deus. Louvor desnorteia o inimigo. Louvor estende o tapete, prepara o caminho para os milagres. 
A fé e a obediência a Deus mudam nomes, sentimentos, situações. O vale da morte passa a ser chamado vale da benção, o medo torna-se alegria e o povo ameaçado de guerra passa a ter paz e repouso por todos os lados.

            Como precisamos envolver Deus em nossa história, em nossos negócios!
            Como precisamos orar, jejuar, louvar mais a Deus!

Deus que se inclina pra ouvir o nosso clamor (Sl 40.1).
Deus que nos instrui, nos ensina o caminho a seguir (Sl 32.8).
Deus que nos protege quando as muitas águas transbordam (Sl 32.6).
Deus que olha para nós e nos livra da morte (Sl 33.18).
Deus que alarga nossas tendas, nossas fronteiras, que amplia nossa visão.
Deus que nos dá o melhor desta terra (Is 1.19).

“Rendei graças ao Senhor, porque sua misericórdia dura para sempre” (2 Cr 21 b).

Que este Deus de amor e bondade olhe para nós e nos abençoe!

2 comentários:

Esperança disse...

OI REGINA TDO BEM!!!!!SUAS PALAVRAS VEIO DE ENCONTRO AS MINHAS NESCESSIDADE.......
DEU CONTINUE TE ABENÇOANDO HOJE E SEMPRE!!VERDADEIRA SERVA DE DEUS[ABRAÇOS]

EV ROBERVAL ROCHA disse...

graça e paz....
oi Regina, que bom ler estas mensagens escritas que serve de elevo espiritual pra nossas vidas, Deus te abençõe.
Roberval Rocha.