“... Sob a Tua Palavra lançarei as redes" (Lc 5.5b)


'O Teu caminho, ó Deus, é de santidade.

Que Deus é tão grande como o nosso Deus?

Tu és o Deus que opera maravilhas e, entre os povos, tens feito notório o teu poder" (Sl 77.13-14)


terça-feira, 25 de novembro de 2014

'Deus de oportunidades - a história de um ex-ladrão!'

           "Porque a tristeza segundo Deus produz arrependimento
 para a salvação, que a ninguém traz pesar; 
mas a tristeza do mundo produz morte" (2 Co 7.10).

           Décadas atrás, iniciei minha carreira universitária em Maringá (PR). Foi um período rico de aprendizado, experiências e novos relacionamentos. Dentre eles, desfrutei da convivência de uma família muito comprometida com Deus. 
          Certo dia, a casa desta família foi assaltada e o ladrão levou muitos bens e, também, fitas K7 com músicas e mensagens evangélicas. Chamaram a polícia e, antes dela chegar, a mãe chamou as filhas para o quarto e oraram pedindo que o ladrão ouvisse as mensagens e mudasse de vida.
           Meses depois, uma das filhas estava lavando o alpendre e um homem parou no portão e falou alguma coisa pra ela. Ela entendeu fita K7 e respondeu: 'Moço, não estou interessada em suas fitas, um ladrão roubou nosso aparelho e não temos como ouvir'. Então, nitidamente, ela ouviu: 'Eu sou o ladrão que roubou o seu aparelho'. Assustada, aproximou-se dele e ouviu sua história:
         Logo após o roubo, ele foi ouvir as fitas pra saber o potencial de venda e, ao constatar que eram músicas evangélicas, saiu de casa irritado e decepcionado. No caminho, passou por uma igreja e ouviu cânticos. As frases soltas que ouvia ficavam martelando em sua mente trazendo uma grande angústia. Voltou pra casa e ouviu algumas mensagens que o comoveram profundamente. Mesmo assim lutou contra os seus sentimentos até que um dia, decidiu buscar a Deus. Antes de se entregar para polícia, resolvera contar pra aquela família o que ia em seu coração.
          Elas puderam reaver parte do roubo porque quase tudo tinha sido vendido. O ladrão era foragido da polícia e possuía uma ficha criminal muito longa pelos muitos assaltos que tinha praticado. Foi preso e elas passaram a se corresponder com ele. Na prisão, ele estudou a Bíblia com avidez e fez cursos bíblicos por correspondência.
          Anos mais tarde, sua pena foi atenuada e, até onde eu soube, ele tinha feito seminário bíblico e se tornado um evangelista em período integral.
          Esta semana li que algo parecido ocorreu com João Wesley (1703-1791). Ao voltar de um culto, foi assaltado e o ladrão levou sua bolsa com a Bíblia. Enquanto o ladrão corria, Wesley gritou: 'Lembre-se que o sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo pecado' e orou pela transformação deste ladrão. Anos mais tarde, quando Wesley pregava numa pequena cidade do interior da Inglaterra, encontrou-se com o ladrão, agora homem honrado, pai de família. O ex-ladrão testemunhou que as palavras de Wesley penetraram fundo em seu coração trazendo esperança e fez com que mudasse de vida. 
          Louvado seja o nosso Pai, Deus das oportunidades!
          Louvado seja o nosso Deus pela Sua poderosa Palavra que trata, transforma, corrige, anima nossos corações. Para os que a recebem com alegria e humildade traz vida em abundância; para os que a rejeitam, a morte eterna.  
"assim será a Palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, 
mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei" (Is 55.11).

Para Refletir: Você tem buscado com alegria a Palavra de Deus ou a tem rejeitado ou sido indiferente a ela? Lembre-se que a sua vida é um retrato daquilo que você busca, crê e pratica. 
Que Deus nos ensine a aproveitar as oportunidades que Ele nos oferece! 

* Ilustrações da minha filha Deborah

3 comentários:

Irene disse...

Olá Regina
Que lindo testemunho.
Para esta família o bem mais precioso não se encontrava nas coisas materiais e sim naquela alma que precisava de Jesus.
Que possamos agir assim em todo tempo em nosso vida dando valor a Deus cumprindo seu mandamento que é amar as pessoas acima dos nossos interesses.


Abraços
Irene

Celina Pereira disse...

É isto que nos conta, Irene: a graça de Deus opera milagres de transformação na vida!
Tenha ótimo sábado e fim de semana!
Celina

Evanir disse...

Depois de um longo afastamento estou tentando de alguma forma
visitar minhas lindas amizades.
Logo chegará o Natal é justo estar entre as
amizades que esteve comigo no decorrer desse ano.
Levando meu eterno agradecimento
a única palavra para traduzir
tudo que estou sentindo nesse momento.
Um feliz final de semana beijos.
Evanir.