“... Sob a Tua Palavra lançarei as redes" (Lc 5.5b)


'O Teu caminho, ó Deus, é de santidade.

Que Deus é tão grande como o nosso Deus?

Tu és o Deus que opera maravilhas e, entre os povos, tens feito notório o teu poder" (Sl 77.13-14)


domingo, 13 de outubro de 2013

'Melhor é serem dois: parteiros de sonhos'

‘Melhor é serem dois’ - Aprendendo com o jabuti (Geochelone sp)
Texto Bíblico: “Melhor é serem dois do que um... porque se caírem, um levanta o companheiro; ai, porém, do que estiver só; pois, caindo, não haverá quem o levante” (Ec 4.9).

Alguns vídeos na internet mostram lances interessantes de relacionamentos cooperativos entre os animais. Num deles, um elefante cai no rio e um companheiro o ajuda a sair*. Noutro, um jabuti ajuda um parceiro, que estava com o casco pra baixo, a se virar*.
Um vídeo curioso mostra um pequeno pato alimentando um grupo de carpas. As diferenças não impediram a percepção da necessidade e colaboração*.
Deus diz: “Não é bom que o homem esteja só”. Faz-lhe uma companheira, dota o homem de sentimentos de solidariedade para o seu próximo e o coloca como administrador de sua criação (Sl 8).
Estudos têm mostrado que o convívio social aumenta a longevidade e que a qualidade de vida pode ser medida pelos relacionamentos que cultivamos. O colorido da nossa história não está no saldo bancário e sim nos risos, abraços, comemorações compartilhadas, no perdão, na compreensão que busca incluir e não excluir.
Solidão temporária, para reflexões, é benéfica; mas, se duradoura, como uma rotina, pode desenvolver um ranço interior, um egocentrismo doentio que pode aumentar a ansiedade e o risco de doenças cardíacas.
  
A palavra amigo vem do latim ‘amicus’, cuja raiz é amar. 
Quais as qualidades de um bom amigo?
Penso que um bom amigo é aquele que nos motiva a nos tornarmos uma pessoa melhor, mais agradável a Deus, mais próxima do Seu projeto. A lembrança deste amigo move o nosso interior, trazendo ternura, gratidão, saudades, vontade de tê-lo por perto.
Um bom amigo é aquele que:
1. Incentiva e ajuda o outro a encontrar o bom caminho para sua realização. Disponível, 
adverte com sinceridade, sem iludir com falsas esperanças. 
Age como parteiro e nunca como coveiro de sonhos saudáveis.
2. Sensível, entende o momento em que o outro vive, intercede, sustenta no que for necessário. O apóstolo Paulo tinha amigos que o assistiam em sua prisão na Itália. 
3. Edifica e anima o outro a confiar e esperar no Senhor.
4. Releva e perdoa com o coração compreensivo, sem acusações, sem se apegar a picuinhas que destroem os relacionamentos.
5. É confiável, sabe respeitar e guardar segredos. Ah, como são raras estas qualidades... Vamos praticá-las?
6. Respeita a fragilidade e limitações do outro. Não exige, não cobra atenção, desempenho.
7. Sempre arruma tempo para o outro. “Foi o tempo que passaste com a tua rosa que a tornou tão importante" (Saint-Exupéry)O tempo que dispomos ao outro revela a importância dele em nossa vida.

Este é o nosso desafio. Ser um amigo que busca e se alegra com o sucesso do outro e, nas derrotas, não somente oferece o ombro, mas também lamenta e clama a Deus por mudanças.
O destino pode afastar bons amigos, até por anos, mas quando acontece o reencontro há o mesmo brilho, entusiasmo, transparência na conversa como se retomássemos o papo do 'dia anterior'.

      Certo dia visitamos, noutra cidade, um casal de amigos. Fazia anos que não nos víamos. Conversamos, jantamos, conversamos. Três da madruga, a conversa fluía apesar dos bocejos de sono, mas nenhum de nós queria dar o primeiro passo pra ir dormir. Momento inesquecível!
Nossas mudanças de cidade tem nos afastado (geograficamente) de preciosos amigos, mas Deus é bondoso e tem incluído pessoas muito especiais em nossa história. Aqui estou eu, na expectativa, pra acolher com gratidão as novas amizades que Deus tem reservado pra nós em Uberlândia. 

Para Refletir: Temos sido um amigo confiável? Quantas pessoas contam com nossas orações, com o nosso apoio?  Quando partirmos para eternidade, deixaremos saudades? No que precisamos mudar pra sermos um amigo de fato e de verdade? 

Oração: “Deus meu, ensina-me a amar o meu companheiro de jornada, a ser sensível à sua dor e necessidades, a saber como ajudá-lo quando estiver abatido. Ensina-me a ser grato ao meu próximo e afaste de mim o egoísmo, a indiferença. Faz de mim um amigo fidedigno, que doe tempo e compreensão segundo o padrão que Jesus Cristo nos ensinou. Amém”.

 Exemplos citados:
*    jabuti: http://www.youtube.com/watch?v=Lb7qSuqSZYA
* pato e carpas: http://mais.uol.com.br/view/299yq0eahs14/solidariedade-animal--04023472D4910326?types=A&

Um comentário:

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.